Home Office: Conheça as 3 modalidades

Home Office: Conheça as 3 modalidades

  • Quero trabalhar em casa!
  • Modalidades de Home Office
    • Home Office: Teletrabalho
    • Home Office: Freelancer
    • Home Office: Empresário
  • Vantagens do Home Office
  • Desvantagens do Home Office
  • O que a Lei diz sobre o trabalho Home Office
    • Equipamentos, contas de luz e internet
    • Vale-Transporte- VT
    • Vale-Alimentação e/ou Vale-Refeição

O Home Office que tem como tradução “Escritório em casa” é um assunto novo para a maioria dos brasileiros.

Aqui iremos explicar um pouco sobre essa modalidade de trabalho que é denominado por alguns como o trabalho do futuro.

Quero trabalhar em casa!

Se você deseja trabalhar Home Office primeiro você deve entender que não necessariamente você trabalhará 100% do seu tempo em casa, mesmo que a tradução ao pé da letra indique isso a você, pode ser utilizado um local alternativo assim como um shopping, hotel, cafeteria … ou sua casa.

Na maioria dos casos você precisa basicamente de uma conexão com a internet e um computador para seguir com a suas tarefas.

Como toda profissão nada é fácil e será exigido de você alguns cuidados e dedicação para que isso dê certo. Entretanto, funciona muito bem para muitas pessoas.

Modalidades de Home Office

Sim! Existem 3 formas de trabalho em casa e será explicar a seguir.

Home Office: Teletrabalho

Normalmente utilizado por grandes empresas, empregando funcionários em locais que não possuem filiais ou para funcionários com dificuldade de locomoção.

No caso do Teletrabalho, na própria entrevista de emprego as empresas deixam bem claro sobre o programa home office e perguntam se há o interesse.

Entretanto, existem empresas que não possuem o programa home office, mas com um tempo de casa e dependendo de sua função, você pode sugerir um programa piloto de Home Office.

Mas cuidado! Pois infelizmente algumas pessoas podem ver isso com maus olhos, com o motivo de o funcionário estar sugerindo que seria melhor trabalhar em casa, então, antes de entrar neste assunto com o seu superior, veja os prós e contras.

Home Office: Freelancer

São trabalhadores que lidam com projetos avulsos, que pode possuir ou não uma cartela de clientes.

Essa modalidade é muito utilizada por profissionais que tem facilidade de programar sua agenda.

Trabalhos curtos e com um preço “tabelado” é extremamente viável para essa modalidade.

Como por exemplo: web designer, programadores e editores de vídeo.

Home Office: Empresário

Essa modalidade basicamente utiliza a sua residência como a sede de sua empresa.

É muitas vezes utilizado como uma opção para aposentados ou pessoas que querem complementar a sua renda com vendas de produtos caseiros.

Mas não se restringe a somente isso, pois grandes empresas surgem de pequenas empresas. Como por exemplo, a Microsoft e a Apple que deram início em uma garagem.

É importante ressaltar que nem toda profissão é possível trabalhar em casa, é necessário avaliar se sua profissão ou a que pretende seguir se encaixa nas modalidades.

Vantagens do Home Office

Depois da popularização da internet podemos dizer que o mundo mudou, e com isso, muitas coisas que julgamos como impossíveis de se fazer em casa, caiu por terra.

Com isso, o home office toma força a cada dia! Pois traz o bem-estar em muitas situações, veja a seguir:

  • Flexibilidade: Escolher o horário e os dias a serem trabalhados.
  • Alimentação: Não há a necessidade de se alimentar fora todos os dias, com isso, o profissional tem a possibilidade de manter uma alimentação mais saudável.
  • Locomoção: Fugindo do trânsito intenso do horário de pico, o horário da locomoção fica opcional, trazendo também mais tempo para curtir a família e amigos, e entre outras inúmeras vantagens que só o conforto do seu lar pode trazer.
  • Família e amigos: Estar mais perto da família e dos amigos no dia-a-dia.
  • Estudos: Mais tempo para se dedicar aos seus estudos e também a novos projetos.

Desvantagens do Home Office

Como qualquer profissão nem tudo é um mar de rosas, então vamos expor um pouco das dificuldades de se trabalhar em regime home office.

  • Metas: Você impor suas próprias metas e cumpri-las não é nada fácil.
  • Trabalho excessivo: Deixar que isso tome conta da sua vida e esquecer de descansar, isso pode acontecer muitas vezes, então, tome cuidado.
  • Queda de produtividade: Por se tratar de um ambiente confortável, pode surgir muitas distrações, e pode acabar impactando na sua produtividade.
  • Se isolar da sociedade: Muitos casos de depressão são associados a trabalhos em casa, quando trabalhamos fora interagimos muito mais com pessoas no nosso dia-a-dia, muitas vezes passando muito mais tempo com colegas de trabalho do que sozinho. Você deve sempre lembrar de sair um pouco para espairecer.

Em países Europeus, no Estados Unidos e alguns países da Ásia é muito comum o trabalho Home Office, muitas pessoas já se acostumaram com isso em seu cotidiano.

Aqui no Brasil infelizmente ainda lidamos com muitas dúvidas, preconceitos e polêmicas sobre o assunto, cabe você estudar e entender se alguma dessas modalidades se encaixam em seu meio profissional e no seu estilo de vida. Trazendo benefícios e mais qualidade de vida.

O que a Lei diz sobre o trabalho Home Office

Equipamentos, vale transporte, vale refeição e/ou vale alimentação e conta de luz e internet são assuntos que geram dúvidas entre os trabalhadores dessas modalidades, principalmente quando se trata do teletrabalho. Fique atento nas informações a seguir!

Equipamentos, contas de luz e internet

Os equipamentos disponibilizados para realizar o trabalho remoto, assim como também, o reembolso de despesas arcadas pelo funcionário , vai de acordo com o que está escrito no contrato de trabalho, segundo o Art. 75D da Consolidação das Leis do Trabalho- CLT.

Contas como a de luz e a de água, são pagas pelo trabalhador. Entretanto, despesas adicionais referentes ao exercício da atividade devem ser pagas pela empresa.

Seja por meio de reembolso ou ajuda de custo, porém, deve ser apresentado todos os recibos. Essa “ajuda” não faz parte do salário do trabalhador, sendo assim, não entra no cálculo do 13º salário, férias, entre outros.

Vale-Transporte- VT

Receber VT para trabalhar em casa até parece piada né?! Entretanto, o funcionário deve receber sim o vale-transporte, mas somente em casos de precisar comparecer em reuniões, como por exemplo.

Vale-Alimentação e/ou Vale-Refeição

O funcionário recebe esses benefícios por obrigação prevista em normas sindicais. Como também, se for um benefício comum da empresa.

Não tendo diferença para o trabalhador home office e o trabalhador que vai todos os dias até a empresa.