fbpx

Cargo Público: Conheça 5 vantagens e 2 desvantagens

Muitos trabalhadores no meio de sua carreira profissional decidem prestar concursos para ocupar algum cargo público.

Muitas delas atraídas pelos salários que muitas vezes são maiores que de empresas do setor privado, outras pela estabilidade financeira, mas também descobrem que para conseguir um cargo desses não é tão fácil assim.

Existem muitas vantagens em um cargo público, mas também algumas desvantagens que devem ser levadas em conta na hora de escolher se para você vale a pena.

Confira vantagens e desvantagens de um cargo público desde a preparação para o concurso público, até o final da carreira.

Vantagens

As vantagens de possuir um cargo público, tem suas atenções voltadas para 5 pontos positivos que iremos listar a seguir.

Estabilidade no cargo

Segundo o Artigo 41 da Constituição Federal, “São estáveis após três anos de efetivo exercício os servidores nomeados para cargo de provimento efetivo em virtude de concurso público” … e “O servidor público estável só perderá o cargo em virtude de sentença judicial transitada em julgado ou mediante processo administrativo em que lhe seja assegurada ampla defesa”.

Isso indica que, após prestados 3 anos de serviço em cargo público o profissional garante a sua estabilidade, esse prazo de 3 anos é chamado de estágio probatório.

Após esse período, o profissional só pode ser desligado de seu cargo por alguma situação grave causada pelo mesmo, após ser julgado com todas suas chances de defesa.

Importante citar também, que por causa da estabilidade os bancos e financiadoras, julgam seu perfil financeiro como muito seguro para financiamentos, facilitando compra de bens.

Experiência profissional

Em concursos públicos, normalmente há exigências de possuir experiência profissional.

Seus conhecimentos são avaliados apenas com o resultado da prova do concurso.

Salário

Para alguns o mais importante é o salário dos cargos públicos, muitas vezes bem maiores que do setor privado, especialmente os cargos que não exigem ensino superior.

Escala de trabalho

A escala de trabalho no setor público é de 40 horas semanais segundo artigo 19 da Lei 8.112/90 e artigo 7º, XIII da CF/88.

Dessas 40 horas são fixados os limites mínimo e máximo de horas a serem trabalhadas diariamente entre 6 e 8 horas.

A grande maioria das escalas de trabalho no setor público são fixados, raramente necessitando de horas extras.

Porém existem outras regras aplicadas para determinadas funções públicas guiadas por lei especial. Que nesse caso pode utilizar uma jornada de trabalho diversa.

Benefícios

O setor público também oferece alguns benefícios como vale-alimentação, vale-refeição, vale-transporte, décimo terceiro salário, convênio com clubes de recreação entre muitos outros.

Desvantagens

Há 2 desvantagens de possuir um cargo público, e começa antes da prova para o concurso, veja a seguir.

Concurso Público

Ser aprovado no concurso público não é nada fácil, por ser aberto a um público muito grande de profissionais isso torna um cenário muito concorrido.

Segundo a ANPAC (Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos), no Brasil por ano 12 milhões de pessoas se inscrevem em concursos públicos.

Com isso, exige-se dos candidatos uma dedicação muito grande em estudar para se preparar para a prova.

Estagnação da carreira

Dependendo do cargo que o profissional esteja pode ocorrer uma estagnação da carreira, devido a estabilidade, muitos profissionais não conseguem cargos mais altos por seus superiores permanecerem muitos anos nos mesmos cargos.

Deve-se saber lidar muito bem caso se depare com essa situação, e planejar muito bem a sua carreira.

Aposentadoria pública

A aposentadoria pública ficou mais parecida com a do setor privado após a reforma feita pelo governo federal.

No entanto, as antigas regras, continuam para os servidores públicos estaduais e municipais, já que os estados e municípios terão que fazer suas próprias reformas.

Se você está pensando em seguir para um cargo público a partir de 2020 as regras básicas para aposentadoria são:

Aposentadoria por tempo de contribuição/idade

Para homens é preciso ter pelo menos 35 anos de contribuição e no mínimo 60 anos.

Para mulheres é preciso ter pelo menos 30 anos de contribuição e no mínimo 55 anos.

No caso dos professores a regra é especial, diminuindo 5 anos a idade mínima ficando assim:

Para homens é preciso ter pelo menos 30 anos de contribuição e no mínimo 55 anos.

Para mulheres é preciso ter pelo menos 25 anos de contribuição e no mínimo 50 anos.

Para ambos os casos o profissional deve também conter no mínimo de 10 anos de serviço público prestado e 5 anos efetivo no ultimo cargo.

Cálculo da aposentadoria

Os profissionais que iniciaram sua carreira em cargos públicos a partir de 2004 em diante, Só terão direito a 100% de sua média salarial como aposentadoria mensal, quem contribuiu por 40 anos.

Podendo chegar a 70% da média salarial caso se aposentem com somente 25 anos de contribuição.

Caso você seja já ocupe um cargo público queira fazer uma simulação e consulta de sua aposentadoria, o Governo Federal disponibiliza em seu Portal de Serviços uma calculadora.

Essa calculadora te entrega uma informação muito próxima de como está o processo de sua aposentadoria.

Importante ressaltar que a calculadora não tem poder legal nenhum é somente para consulta.

Você pode acessar Clicando aqui:

Serviços da Previdência Social

Veja também: O que é INSS?

 

Deixe um comentário